Arquivos de Categoria: Trabalhe em sala de aula

Como transformar uma visita à empresa jornalística em conhecimento

A sugestão é do jornalista Ricardo Pastoreli, do programa O diário na Escola:

Frequentes são as visitas dos alunos e professores de escolas de Maringá e região ao jornal O Diário. Nesses passeios, os visitantes têm a oportunidade de conhecerem todo o processo de produção do impresso, que chega toda manhã às casas, empresas e escolas.

Nossa dica é que os profissionais da educação aproveitem esse momento de entretenimento para que as crianças e adolescentes transformem o que vivenciaram em aprendizagem. E como fazer isso? Sugerimos que o professor deixe bem claro o objetivo da visita, que pode ser, por exemplo, verificar a capacidade de observação e compreensão dos envolvidos em relação ao processo de confecção do jornal.

Esse trabalho pode ser realizado em três etapas. Na primeira parte, o professor pode fazer levantamento de hipóteses, isto é, verificar como os estudantes imaginam que acontece o processo de produção do jornal. Após as observações apontadas, poderá trabalhar vídeos, textos e imagens (fotos) sobre processos de produção do impresso. E disso originar produções orais e escritas, ilustrações etc. Que tal a elaboração de uma carta à equipe de “O Diário na Escola” para agendar a visita. Essa produção pode ser um ótimo recurso para que os alunos sintam interagidos no processo de comunicação.

O segundo passo é o “passeio” ao Diário. Nesse momento os alunos devem saber os objetivos a serem alcançados e o porquê da visita. Muitas vezes pode ser apenas por entretenimento. O  importante é que o professor deixe bem claro os objetivos da aula passeio. Algumas questões poderão ser elaboradas anteriormente para que sejam questionadas no momento da visita. Os alunos poderão ser divididos em equipes para que cada grupo anote sobre uma determinada etapa, assim o grupo A pode tomar nota sobre a Redação; o grupo B sobre a criação de imagens gráficas; o grupo C atentar ao processo de impressão e expedição, por exemplo.

Alguns materiais deverão ser providenciados com antecedência, para que as equipes tenham êxito no trabalho, tais como lápis, caneta, máquina fotográfica ou celular etc.

Por fim, na terceira etapa, o professor propõe uma apresentação oral, para que cada grupo aponte  suas observações e anotações de cada etapa. Feito isso, todos terão muito o que escrever e divulgar para toda a escola e comunidade, através de um jornal mural, de um fanzine, cartazes, Blog, facebook… Mãos à obra!

Observação: Jornal mural não deve ser entendido apenas como simples recorte e colagem de textos e imagens, e sim produções que façam com que os alunos reflitam e aprendam sobre a escrita e sobre o que estão escrevendo.

Anúncios